colonizing knowledge dissemination: ± a partial experience of choicelessness ±

filter bubble // digital colonization // identity influence // eco chambers // knowledge dissemination

Sumário:
[…] the internet is a global knowledge platform that not only excludes but also totalises — it totalises all sensible human experience and thought into information.

[…] since all information that becomes accessible knowledge is also subject to the taxes that global capitalism exacts from the individual seeking knowledge, and to the exactions of the academic-industrial complex and its institutions.
[1]

Direcção de investigação:

_propósito principal: 

+ alertar para uma hegemonia ocidental que se manteve na era do
pós-colonialismo, e se acomodou na era do pós-internet.

— objectivos secundários: 

(1) + explorar os fenómenos de filter bubble e a conjuntura da web 2.0 enquanto potenciadores de um colonialismo digital do conhecimento;

(2) + definir um paralelismo entre a conjuntura actual (digital) e situações semelhantes no passado, de modo a sustentar a narrativa do projecto com uma metáfora definida;

(3) + desenvolvimento de uma plataforma hypertexto e um obituário metafórico sobre as questões de democracia e livre-arbítrio;

— metodologia

(1) 
± relacionar as temáticas de Filter Bubble e censura de conteúdo;
± encontrar casos concretos de censura de conteúdos ou de influência
na disseminação de conteúdos (especificamente Google e Facebook);
± concluir que consequências é que estes fenómenos têm na identidade
dos indivíduos e os resultados a escala global (i.e. livre arbítrio, influência
de massas, etc)—de modo a definir o carácter do projecto;

(2)
± explorar possíveis metáforas relacionáveis com a temática;
± escolha e análise da(s) metáfora(s), definindo uma sólida e coerente;
± associar a metáfora ao conceito e definir a formalização do resultado final;

(3)
± definir a estrutura da plataforma hypertexto através de uma distribuição organizada dos conteúdos por “caminhos”;
± definir uma estratégia de enquadramento do artefacto com a plataforma;
± produção dos objectos;

Antevisão de Resultados:
+
plataforma hypertexto em formato de website;
_____ ± contextualização da temática;
_____ ± evocar a navegação por cliques (que geram os dados para o algoritmo
que filtra o conteúdo – Google e facebook);

+ obituário (de identidade, choice, free will, democracy, diversity etc)
   em formato print;
____± reforçar a conclusão pretendida;
____± complementar a plataforma web;

Os dois artefactos complementar-se-ão de forma a consciencializar para a questão da filtragem de conteúdo e as suas consequências na descriminação digital e colonização de conhecimento.

[1] Ansari, A (2018). What Knowledge for Decolonising the Philosophy of Technology. In D. Blamey,  B. Haylock (Eds.), Distributed (pp. 185-197). London: Open Editions

Marta Saavedra
Filter bubbles, disseminação de conhecimento e colonização digital